As belezas de Cartagena das índias

Compartilhe!

Imortalizada por Gabriel Garcia Marquez em um de seus mais célebres romances “Amor em empos de cólera”, Cartagena das índias é uma das cidades mais belas e inspiradoras da Colômbia.
 
Localizada no sul do mar do Caribe, essa jóia colonial é uma das cidades mais antigas e históricas do país, fundada no ano de 1533. Considerada, na época, um dos portos mais importantes do Império Espanhol por sua posição estratégica, além da beleza natural, a cidade teve seu ápice no século 19, quando, após anos de prosperidade e independência (primeiro território colombiano a conseguir emancipação política), sofreu sua maior crise: um surto de cólera que devastou parte da população. A cidade se reergueu e continuou se reinventando até abrir suas portas para inúmeros estrangeiros e europeus que fizeram da cidade o que ela é hoje.
 
Conhecida também como a “cidade heroica” por ter resistido bravamente a inúmeros ataques de piratas e corsários, Cartagena também resistiu ao tempo e hoje é o segundo lugar mais visitado na Colômbia, atrás apenas de Bogotá, a capital do país.
 


 
A cidade é dividida em “outras cidades”, com alguns destaques como o bairro de Gestmani, considerado uma extensão do centro, foi construído para ajudar na defesa dos ataques sofridos. É a parte preferida de mochileiros e viajantes por ser bem agitada e abrigar hostels, mercadinhos, bares e casas noturnas, com muita música ao vivo (salsa, cumbia, bullengue) além de inúmeras barraquinhas em que se encontram as famosas arepas (tortinhas ou bolinhos de milho recheados com queijo, ovo, carne..) e os dourados boñuelos (bolinhos fritos com queijo costenho).
 
Outro destino bem procurado pelos turistas (até para amenizarem o calor que gira em torno de 30 graus durante o ano todo) são as ilhas e praias, com destaque para as Islas del Rosario, típicas ilhas do mar do Caribe; águas cristalinas, arrecifes de corais, manguezais e povoado de rica herança africana e indígena, onde é possível provar o famoso prato local, um peixe inteiro frito acompanhado de arroz de coco, patacones (chips de banana verde) e uma salsa (uma espécie de salada/vinagrete), juntamente com a famosa limonada de coco.
 

E para fechar, a “cidade amuralhada”, com seu ar europeu e onde se concentram os grandes hotéis butiques, restaurantes (grande diversidade de frutos do mar, ceviches e versões sofisticadas das comidas de rua) e bares famosos, lojas de grife e também alguns museus, teatros, livrarias, fortes, cafés, praças, centros culturais e belos pátios. Essa é a região mais frequentadas por turistas menos aventureiros.
 
Considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, Cartagena das índias também é palco de muitos congressos, reuniões, encontros de autoridades e casamentos e sedia alguns eventos culturais como o Festival Internacional de Cinema, festivais de música, literatura, arte e gastronomia e hoje já é considerada um importante polo cultural da América do Sul. É uma daquelas cidades em que tudo o que se escreveu e se escreve até hoje nunca será o bastante. O melhor mesmo é conhecer.
 


 

Club de Pesca:

Tradicional restaurante tem uma localização privilegiada, em um dos fortes mais bonitos das cidade, conta um extenso e variado menu, mas sua especialidade são os frutos do mar. Música ao vivo que varia desde jazz e bolero até uma bossa nova. Faça reserva.
Avenida Miramar, Fuerte de San Sebastián
Cartagena, Bolívar, Colombia
+57 6605578
www.clubdepesca.com
 

Ábaco:

Uma charmosa e pequena livraria com espaço para algumas exposições de arte, conta também com um café, que serve comidinhas, sucos e a famosa limonada com coco. Ideal para uma pausa durante a tarde.
Calle 36 # 3-86, Cartagena, Bolívar, Colombia

http://www.abacolibros.com

 

Café del Mar:

Essa filial em Cartagena é bastante especial pois, além de ficar em cima das muralhas, tem talvez o pôr do sol mais bonito da cidade. Ideal para drinks antes do jantar.
Baluarte de Santo Domingo., Cartagena, Bolívar, Colombia
+57 5 6642945
www.cafedelmarcartagena.com

 

La Cevicheria:

Localizado no bairro de San Diego, dentro da cidade murada, esse pequeno restaurante, todo decorado com referências do caribe, é especializado em pescados e frutos do mar, com destaque para os ceviches. De entrada, não deixe de pedir o delicioso e apimentado “The Devil’s Shrimps”.
Calle Stuart, 714, San Diego
+57 5 660 1492 – 315 655 4120

http://lacevicheriacartagena.com/

 

La Vitrola:

Pequeno e quase exclusivo, um dos melhores restaurantes da cidade só atende com reserva antecipada. A banda de jazz toca todas as noites para acompanhar o jantar embalado em clima caribenho, que tem entre os destaques do cardápio ceviches e peixes.
Calle de Baloco, 2/01, tel. (57 5) 660-0711.
 

Se você gostou deste post deixe o seu comentário ou assine o RSS feed para receber as próximas matérias em seu feed.
Felipe Lima

Felipe Lima

felipesdelima@gmail.com

Paulistanamente brasileiro, apaixonado por gastronomia, um geminiano sem cura, sonhador, impulsivo, curioso que adora se reinventar o tempo todo. Adora um café coado. Adora sotaques. Bolo. Viajar. Ler. Escrever. Adora falar. Adora ouvir histórias e estórias. Adora conhecer e aprender, sempre. Conectar. Trocar idéias, experiências, olhares, receitas e gentilezas. É publicitário e chef por formação e jornalista por vocação, hoje faz um pouco de tudo; colabora com blogs e revistas, produz eventos, cozinha, viaja, empreende e neste ano entrou para a lista das dez semi-celebridades mais chamadas para bailes de debutantes.

No Comments

Post a Comment