As belezas do Morro de São Paulo

Compartilhe!

A Bahia é a terra da primeira capital do país, Porto Seguro. Após a chegada dos europeus no Brasil, foi na Bahia seus primeiros contatos mais profundos e onde os três povos – indígenas, portugueses e africanos – iniciaram o processo de miscigenação que faz parte da configuração de nossa população.
 


 

Na Bahia, além de uma cultura negra muito forte e presente, também é cenário de verdadeiros paraísos. Um desses paraísos é Morro de São Paulo. Localizado na Ilha de Icararé, Morro de São Paulo fica a duas horas de lancha rápida do Porto de Salvador, lugar onde embarcamos para chegar até a ilha.
 

A sensação de dar adeus à vista panorâmica dos edifícios e avistar só mar à frente já dá uma ideia de ‘fuga’, o que anima muito mais a conhecer o que está por vir.

 

Chegando na ilha já avistamos uma água verde e com muita vegetação! Deslumbrante! Ao desembarcar nos deparamos com um morro muito íngrime. Muito complicado subir com muitas malas. Mas existem ‘carregadores’ que fazem esse trabalho e cobram pela distância percorrida.
 

Ao chegar no alto e olhar para a paisagem do mar ficamos encantados. Lamento um pouco o trânsito de turistas e pessoas que trabalham com serviços de turismo, isso acaba tirando um pouco a ‘magia’ e trazendo à toa que se trata de ‘vida real’. Morro de São Paulo tem várias praias, sendo as primeiras mais urbanizadas e as últimas mais paradisíacas.
 


 

A segunda praia é o point! Com bastante bares e restaurantes sempre tem atividades e é ideal para quem procura agito e badalação. Na terceira praia a quantidade de construções diminui, e na quarta praia se torna quase inexistente.
 

Ainda tem a Praia de Gaboa, que fica à direita do Porto e que é bem tranquila. Fato este que faz de Morro um lugar agradável para todos os públicos, seja casais com crianças, idosos, jovens ou casais em lua de mel. Com tanta beleza e diversidade fica difícil não agradar.
 

No centro do povoado tem comércio com restaurantes e lojas com itens turísticos. Algumas instalações são rústicas, e isso dá uma cara mais acolhedora. No entanto, às vezes temos a sensação que está muito maquiado para o turismo e acaba perdendo um pouco da sua identidade.
 

Portanto, não deixem de visitar Morro de São Paulo! Seja sozinho, com família ou amigos. E vão antes que o turismo predatório faça suas características nativas se perderem em meio à venda do meio ambiente!
 

Com certeza depois de visitarem Morro de São Paulo vocês vão morrer de saudades…

Se você gostou deste post deixe o seu comentário ou assine o RSS feed para receber as próximas matérias em seu feed.
Carolina Rosf

Carolina Rosf

carolinarosf@hotmail.com

'Dara' Carolina Rosf é estudante de Serviço Social da UFF Rio das Ostras. Descobriu a paixão por viagens recentemente e já as incorporou a sua rotina. Curte praias e cachoeiras. Já esteve na maioria dos estados brasileiros, mas não vai parar nem quando já tiver visitado todos!

No Comments

  • Texto conciso e que descreve muito bem a vibe do local! As fotos ajudam a entrar no clima. Parabéns

    julho 4, 2015 at 7:01 pm

Post a Comment