Bebendo uma cerveja em Dubai

Compartilhe!

À beira mar, mulheres de biquíni e homens só de bermuda trocam olhares. Logo vem o convite para tomar uma cerveja juntos, e eles então juntam as mesas com a ajuda do garçom. É terça-feira, dia de Champions League, e o bar está lotado de torcedores fanáticos por Messi e Neymar. Terça-feira também é dia de festa, a Candy Store. Logo vem uma dose de tequila antes de ir à balada para dançar a noite inteira.
 
O cenário desta cena é o Barasti Bar, em Dubai –uma cidade dos Emirados Árabes Unidos. Nada demais, exceto pelo fato de que a religião oficial do país é o Islã. Mas, ao contrário de outras regiões muçulmanas, a bebida alcoólica não é proibida por lá e há uma tolerância maior para hábitos ocidentais.
 
Ainda assim, as leis e costumes são rígidos. O consumo e a venda de álcool são permitidos apenas em bares, boates, restaurantes vinculados a hotéis e outros estabelecimentos que possuam licença do governo para esse tipo de comércio. E só maiores de 21 anos têm acesso a bebidas.
 
Por isso, os bares na praia fazem sucesso entre turistas e também entre os usuários do Dubbi, rede colaborativa de turismo, criada por três jovens brasileiros que decidiram ajudar os viajantes a tirarem todas suas dúvidas sobre destinos.
 
O Barasti Bar é indicação de Carolina Dias, do Rio de Janeiro. Ela também recomenda o Jetty Lounge, mas já avisa que é para um público mais “Dubai ostentação”, e não tão jovem quanto o que frequenta o Barasti.
 
A viajante Elaine Moraes, de Campinas, dá mais duas dicas: o Buddha Bar (uma rede de bares presente em vários países) e o The RoofTop Terrace (Dubai tem dezenas de bares com vistas incríveis). Todos ficam perto de Al Sufouh, zona oeste da cidade, próxima à marina.
 

 

O que mais fazer por lá além dos bares?

Alugue um carro, pois a gasolina é extremamente barata na região -afinal, todo o Golfo Pérsico é rico em petróleo. Uma sugestão é conhecer Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes Unidos e o maior de todos emirados. Está a 146 km de distância pela Ghweifat International Highway.
 
Para aprender mais sobre a religião e a cultura local, conheça a Jumeirah Mosque, única mesquita de Dubai aberta a visitantes de todas as religiões. Construída em mármores e arenitos brancos, a arquitetura da construção chama a atenção, em meio aos modernos prédios do local.
 
Não deixe de ver o Burj Khalifa, o maior arranha-céu do mundo (não visitá-lo é como ir à Paris e passar batido pela Torre Eiffel). Depois, procure curtir as fontes da cidade logo ao lado do edifício e aproveitar para dar um pulo no Dubai Mall, o futurístico shopping da cidade.
 

Tem dicas de Dubai? Faça seu perfil no Dubbi e ajude nossa rede de viajantes!

Se você gostou deste post deixe o seu comentário ou assine o RSS feed para receber as próximas matérias em seu feed.

Tags:

Dubbi

Dubbi

caio@dubbi.com.br

Rede social de viajantes para compartilhar dicas de viagens. Acesse www.dubbi.com.br, tire dúvidas e ajude também quem está precisando de ajuda. Venha fazer parte dessa Revolução!

No Comments

Post a Comment